domingo, 24 de julho de 2011

USINAS DE AÇÚCAR - CAMPOS DOS GOYTACAZES (RJ)

     "Campos, terra do já teve".
     Quantas vezes você, cidadão campista, já ouviu isso?
     As Usinas de Açúcar, por exemplo, muitas estão extintas, mas algumas ainda resistem.



USINA CAMBAYBA

     A antiga usina de Cambahyba, hoje em avançado processo de abandono, se encontra
localizada em Martins Lage, 2do. Subdistrito do Município de Campos do Goytacazes,
RJ, próximo à margem ocidental do Rio Paraíba do Sul numa área que, até meados da
década de 90, manteve uma notória atividade industrial. O “Complexo Agroindustrial
de Cambahyba”, como era conhecido na região, foi uma das principais industrias do
município. Ela pertenceu, até sua desativação e encerramento definitivo na entre
safra de 1995/96, a família de Heli Ribeiro Gomes. A propriedade chegou a ocupar em
1979 uma área total própria de 6.763 Ha. somadas 1116 Ha. arrendadas das quais
6200 (85,8) foi área de produção dedicada à cana, 1339 Ha. (16%) de pecuária, 200
Ha. (2,5%) reserva legal e 20 Ha. (0,31) área inaproveitada.
(Texto: Marcelo Carlos Gantos - http://www.arquitetura.eesc.usp.br/)

Usina Cambahyba
Encerrou as suas atividades na entre safra de 1995/96.
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez. 2003)

Usina Cambahyba
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez. 2003)



USINA CUPIM

Usina Cupim
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez. 2003)

Usina Cupim
Pátio da entrada.
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez. 2003)


USINA MINEIROS

Usina Mineiros
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez. 2003)

Usina Mineiros
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez. 2003)


USINA POÇO GORDO

Usina Poço Gordo
Fachada Principal.
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez. 2003)

Usina Poço Gordo
Interior do galpão duplo.
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez. 2003)


USINA QUEIMADO

Usina Queimado
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: clickmacae)

Usina Queimado
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Jan. 2004)

Usina Queimado
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Início do século XX )


USINA SANTA CRUZ

Usina Santa Cruz
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez. 2003)

Usina Santa Cruz
Campos dos Goytacazes - RJ


USINA SANTO ANTÔNIO
Usina Santo Antônio
Prédio da Administração
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez.2004)

Usina Santo Antônio
Prédio da Administração
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez.2004)


USINA SÃO JOÃO

Usina São João
Campos dos Goytacazes - RJ


Usina São João
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: 19133)


USINA SÃO JOSÉ

Usina São José
Chaminés que conduzem a fumaça.
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez.2003)

Usina São José
Campos dos Goytacazes - RJ
(Foto: INEPAC - Dez.2003)


::::::::::::::::::::::::::::::::::::




10 comentários:

  1. O estado do Rio é um fracasso na agricultura e pecuária. Aqui nunca houve um planejamento sério das atividades agrícolas e incentivos sérios. O solo massacrado por séculos de queimadas terá ainda que sofrer até 2.024, até que nossos netos vivam no deserto do Saara Campistense às custas do mau uso do solo por parte dos senhores todo poderosos donos de terras.
    Foram os últimos a libertar os escravos, agora serão os últimos a acabar com as queimadas. Ô povinho ignorante o tal campista hein ! Está errado mas não dá o braço a torcer, segue no erro até a morte.
    Não me causa espanto tantas "usinas" falidas. Acontece que as gerações de "fazendeiros" não investiram no óbvio: a modernização dos meios de produção. Temos, atualmente, inúmeras práticas agrícolas eficazes tais como rotação de culturas, consórcio de culturas, plantio direto, cultivo mínimo, controle biológico de pragas e doenças, colheitadeiras mecânicas, irrigação, etc Mas os "produtores" campistas preferem queimar, poluir e sujar, causando um desserviço à população. Pararam no tempo e continuarão parados até que esse estadozinho de bosta acorde para o fato de que estamos no século XXI.
    Os garotinhos aprovam as queimadas pois não moram aqui e querem mais ver esse grande circo campistense pegar fogo literalmente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. parabens, isto q é um comentario inteligente e objetivo ao invés de ficar com lamurias. valeu mesmo!

      Excluir
  2. Boa tarde!
    É uma pena ver tantas usinas desativadas. Com tantos investimentos em Macaé, seria ótima ver a retomada da produção de álcool em Campos dos Goytacazes.

    Paulo Oliveira
    paulaodacesa@ig.com.br

    ResponderExcluir
  3. que pena essas usinas acabarem assim como a de santa cruz e sapucaia e a usina cupim aqui de ururai. eita usina boa era essa usina aqui de ururai trabalhei nessa usina cupim. meus avos criou meus tios e meus pais trabalhando nessa usina aqui e eu tambem foi criado pela essa usina aqui...
    peço pelo amor de deus que venha um empresario para tocar essa usina aqui ou a prefeitura que venha ajudar a ela voltar a funcionar novamente... agradeço

    ResponderExcluir
  4. Pessoal ai de Campos dos Goytacazes, boa tarde.
    Porque nao uma cooperativa entre todos os que tem propriedades ai, formam esta coopertaiva e a melhor usina, com melhor logistica e equipamentos que poderao sofrer manutencao e iniciarem uma moagem, tambem parte destes agricultores que tem essa expertize de se unirem e retomar esse palco de acucar e alcool, tao perto do polo de gaz e oleo em macae.
    O estado do Rio de Janeiro merece sim voltar as origens que deu a este Brasil, muito acucar e alcool em suas decadas atuantes.
    Qualquer comentario a este, me disponho a iniciar esta caminhada com voces.
    Abracos de um profissional com 40 anos de vivencia neste setor de acucar e alcool.

    ResponderExcluir
  5. Caro Anônimo.
    Não muito diferente de outras partes do Brasil, esse povo quando monta uma cooperativa acha que é para ganhar dinheiro sem trabalhar, não entende o conceito de cooperativismo.
    Tivemos aqui uma ótima cooperativa chamada cooperleite... Tinha tanta gente "trabalhando" lá dentro que ela faliu.
    A primeira coisa que se faz na cooperativa é criar cargos de presidente, diretor, vice-diretor, diretor adjunto, secretário disso, secretário daquilo, até conseguir drenar todo o faturamento. E o ojeivo é sempre um: Fazer da cooperativa um trampolim político.

    ResponderExcluir
  6. Fui moradora da Usina St. Antonio, quando fomos morar lá a usina ja tinha encerrado suas atividades, mas ainda vendia a cana de açucar para outras usinas.
    Hoje quando passo la perto, da até um aperto no coração, num lugar cheio de casas, crianças correndo, brincando, hoje é so mato, não existe mais nada, a não ser as torres que estão lá desafiando o tempo. Soube que ali vai lotear e virar lugar de bacana, aliás terra é o melhor investimento. Quanto a mim só esta guardado na memória os tempos da infância. Campos deixou de ser a terra do açucar, para virar a terra do petróleo.

    ResponderExcluir
  7. O Brasil é um lixo mesmo!!!:-/

    ResponderExcluir
  8. Aqui em São Paulo também esta acabando aos pouco as usinas

    ResponderExcluir